04 julho 2012

Chanel

04 julho 2012

Estou cansada do cenário atual da moda. Tudo parece ter que ser excêntrico demais, pensado demais… Se a gente fala mal de um desfile, logo escutamos que “moda é arte”. E aí me lembro uma vez do André do Val dizendo que pra ele moda não é arte. Não consigo me posicionar com muita convicção nessa discussão, já que cada hora penso uma coisa, mas posso falar com firmeza: estou cansada do tal “moda é arte”. Estou cansada de desfiles onde há muita explicação e pouca beleza ou praticidade – Deus me livre praticidade hoje em dia, aí vira logo “comercial demais”. Porque no fim das contas a gente olha pra uma passarela buscando inspiração pro nosso dia a dia, a gente procura o usável. E é justamente esse equilíbrio que sinto estar se perdendo, entre o usável e o bonito e simplesmente o querer ser diferente, ousado, esquisito.
Tudo isso dito, depois de algumas temporadas fazendo desfiles de gosto muito duvidoso, Karl Lagerfeld hoje no desfile de alta costura da Chanel só prova meu ponto: sem cabelo de cacatua ou sapatos medonhos, a grife apresentou uma coleção bonita, bem fiel ao universo Chanel. E quando a Chanel é mais Chanel do que Karl Lagerfeld, a chance de dar certo sempre é muito maior.
Até a beleza do desfile, sem precisar inventar sobrancelhas de paetês, ficou bonita, com olhos delineados, sombra acinzentada, blush rosa e boca bem natural.





Para finalizar, a manicure, assunto obrigatório quando se trata de um desfile da Chanel, veio muito interessante: as unhas foram pintadas de rosa clarinho com borda prateada.




Tudo Belo
Xoxo Nê
Design e codificação por Ana Garcês
Conteúdos por Belíssima
© 2012-2015